Dizem que “o amor é outra coisa”…

Meus comentários estão lá embaixo…

– O amor não te faz arder em chamas. O nome disso é combustão instantânea. Amor é outra coisa.
– O amor não faz brotar uma nova pessoa dentro de você. O nome disso é gravidez. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa completamente feliz. O nome disso é Ecstasy. Amor é outra coisa.
– O amor não te deixa saltitante. O nome disso é Pogobol. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz acreditar em falsas promessas. O nome disso é campanha eleitoral. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz esquecer de tudo. O nome disso é amnésia. Amor é outra coisa.
– O amor não te faz perder a articulação das palavras de repente. O nome disso é AVC. O amor é outra coisa.
– O amor nao te faz sentir borboletas no estômago, o nome disso é fome. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa completamente imóvel. O nome disso é trânsito de São Paulo. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa molinho e manhoso. O nome disso é Rivotril. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa temporariamente cego. O nome disso é spray de pimenta. O amor é outra coisa.
– O amor não faz seu mundo girar sem parar. O nome disso é labirintite. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa sem chão, o nome disse é cratera. O amor é outra coisa.
– O amor não te deixa quente e te leva pra cama. O nome disso é dengue. O amor é outra coisa.
– O amor não retribui suas declarações. O nome disso é restituição de imposto de renda. O amor é outra coisa.
– O amor não leva teu café da manhã na cama e ainda dá na boquinha. O nome disso é enfermeira. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz olhar pro céu e ver tudo colorido. O nome disso é queima de fogos de artifício. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz ficar simpático e amoroso de repente. O nome disso é Natal. O amor é outra coisa.
– O amor não te liberta. O nome disso é ALVARÁ DE SOLTURA. Amor é outra coisa.
– O amor não te deixa à mercê da vontade alheia. O nome disso é Boa Noite Cinderela. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz ver o mundo cor-de-rosa. O nome disso é baitolice. O amor é outra coisa.
– O amor não é aquela coisa brega, mas que te remexe todo. O nome disso é Banda Calypso. O amor é outra coisa.
– O amor não te dá a chance de mudar o que está diante de você. O nome disso é controle remoto. O amor é outra coisa.
– O amor não tira suas defesas. O nome disso é HIV. O amor é outra coisa.
– O amor não te pega desprevenido e te impulsiona para frente. O nome disso é topada. O amor é outra coisa.
– O amor não faz o coração bater mais rápido. O nome disso é arritmia. O amor é outra coisa.
– O amor não faz você dar suspiros. O nome disso é dia de Cosme e Damião. O amor é outra coisa.
– O amor não te faz ver tudo com outros olhos. O nome disso é transplante. O amor é outra coisa.

Este não é de autoria minha, mas quis compartilhar pq ri muito de algumas frases! Rir é bom!! Confesso que adaptei uma de acordo com a sugestão do Mr. BaleiroMan (quem o conhece, saberá que frase foi) e também pq vim concordar e discordar do texto. Concordo que o amor é outra coisa das descritas acima. Até pq… o quê é MESMO o amor? Ah, se fácil fosse…
Se eu desse um “ctrl+h” pra substituir “amor” por “paixão”, aí teria que concordar em também tirar os “não”. Todo o acima é paixão. E, caramba, como é bom, né? Quem não gosta de ser meio Pogobol e meio cego ao mesmo tempo? Ô, feeling gostoso!! Este mesmo feeling nos faz, sim, olhar pro céu e ver tudo colorido, ficar mais simpático e suspirar. Os suspiros à toa são os melhores. Alguém pergunta “o que foi?” e vc, com aquele olhar vago, só sorri de lado (um olhar 43 in love) e diz “naaaada, não…”. Quem já não teve isso e adorou?? Agora… quem realmente nunca teve isso, aí aconselho a ter. Otherwise, the ride is not worth it.
 
Mas não só de paixão vive o ser. E o que fazemos com isso quando it fades away? Pq, gente, so sorry, it DOES fade away. Eu adoraria que it didn’t (juro!), mas… it happens. Milhões de poetas, terapeutas, psiquiatras e religiosos bem mais cultos, influentes e importantes que eu já deixaram suas teses, conselhos, dicas, opiniões sobre isso. No meu caso, fico com o mesmo texto acima pra mostrar que amor é sim algumas das coisas ali descritas (por isso o meu “discordar”). Aliás, pq não todas?? Ele te proporciona todas as emoções acima descritas sem precisar de artifícios ou facilitadores. Ele é, por si só, o “fazedor” de tudo isso. Amor, pra mim, LIBERTA. Te liberta de você mesmo. Você se desprende de um tanto de coisa que até se acha tolo por ter vivido tanto tempo “preso”. Pior aquele que vive preso por opção. Pq amar não tem nada a ver com prender ninguém a ninguém. Quem ama liberta. Isso sim é o amor maior de todos. Poucos, raros são os que amam. Amar mesmo é intoxicante, é forte demais, não é pra todos. Amar dói, mas compensa. Amar é estar de mãos dadas com você mesmo e com os outros pq é um círculo de emoções, de vidas, de experiências. Um afeta o outro. Um direciona o outro. E por aí vai… Há várias maneiras de amar e todas estão corretas. Como já dizem faz tempo: “all is fair in love and war”. In war, não sei. Mas com relação ao amor, ah, isso é. E que jogue a primeira flor aquele que nunca tenha cometido algo “unfair” por amor…

Advertisements

3 Comments Add yours

  1. Carla says:

    Juju,
    O que posso dizer? Pra variar, adorei!!! Sensacional! Sabe que meus comentários são sempre breves, mas sinceros.

    Aqui vai algo sobre o amor que gosto muito:

    VIDA,é o Amor existencial.
    RAZÃO,é o Amor que pondera.
    ESTUDO,é o Amor que analisa.
    CIÊNCIA,é o Amor que investiga.
    FILOSOFIA,é o Amor que pensa.
    RELIGIÃO,é o Amor que busca Deus.
    VERDADE,é o Amor que se eterniza.
    IDEAL,é o Amor que se eleva.
    FÉ,é o Amor que se transcende.
    ESPERANÇA,é o Amor que sonha.
    CARIDADE,é o Amor que auxilia.
    FRATERNIDADE,é o Amor que se expande.
    SACRIFÍCIO,é o Amor que se esforça.
    RENÚNCIA,é o Amor que se depura.
    SIMPATIA,é o Amor que sorri.
    TRABALHO,é o Amor que constrói.
    INDIFERENÇA,é o Amor que se esconde.
    DESESPERO, é o Amor que se desgoverna.
    PAIXÃO, é o Amor que se desequilibra.
    CIÚMES, é o Amor que desvaria.
    ORGULHO, é o Amor que enlouquece.
    e finalmente o
    ÓDIO,que julgas ser a antítese do Amor,
    não é senão o próprio Amor,que adoeceu gravemente.

    beijossss

  2. Juliana says:

    oi Juju,
    aqui vai meu primeiro comentário no seu blog 🙂
    já que o tema é sobre o amor, eu fico com a frase dos nossos amigos Beatles: All we need is love.
    Amor é sempre bom (de mãe/pai, de irmão, de filho, de amigo, de amante).
    O amor não é doente, o amor fortifica.
    bjs, amiga.

  3. Odair Ribeiro says:

    Ju, eu estava lendo os posts do mais recente para o mais antigo. Curioso, eu te pedi algo que você já praticamente fez… Caraca.
    Acho que este texto que a Carla colocou é do Chico Xavier, se não me engano… Muito lindo.
    Lindo texto, estou aqui me emocionando, me enriquecendo, evoluindo, me entretendo… tudo de bom.
    Obrigado por me proporcionar tudo isso, em doses homeopáticas e intensas ao mesmo tempo.
    Beijos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s