666

Há quem creia que Deus criou o mundo. Como toda regra tem sua exceção, esta é a exceção de Deus, Todo Poderoso. Trata-se de uma filha de Satanás, Besta, Satã ou, mais comumente reduzido a apenas “Diabo”. E não é que ele criou sua obra-prima? Quando do nascimento da desgraçada, a frase dita por aquele que mora lá embaixo foi: “liberem o monstro!!”. Dito e feito. A diabólica nasceu sem chorar. Espanto geral dentro da casa onde nasceu no dia 06/06/1666, mas o médico a declarou saudável. Como pode ter declarado normal alguém que, além de não chorar, encara o bendito médico e o sorri? Coisas que nem mesmo Freud explica, somente ele: Lúcifer. Devido ao pavor percorrido pelas veias do médico, o atestado de saúde foi dado mais por desespero do que por competência.

A maldita foi crescendo com suas esquisitices declaradas, mas conseguia coleguinhas de classe por tempo limitado e até mantinha certa aparência perante a família. Na verdade, os desprezava e seu ódio só aumentava a cada tentativa de carinho e afago por parte da mãe. O pai a ignorava por medo e, por ele, a menina nutria fervor. Tentava agradá-lo a todo custo, mas como suas ações eram as mais descabidas e absurdas, o pai fugia da peste como esta deveria fugir da cruz. Até hoje desconheço pais que gostem de morcegos mortos em seu escritório para enfeitar o ambiente ou tentativas de auto-mutilação para chamar a atenção.

Além de ter como pai verdadeiro o Senhor das Trevas e como biológico um que a desprezava, nada mais normal que a infernal tenha virado uma adulta avessa a homens. Porém, como era de costume em sua época, foi forçada a casar-se (alegremente passada pra frente pelo pai ao se livrar de tamanha coisa bizarra). O fez obedientemente. Compareceu com os cabelos desgranhados, certas olheiras que todos julgaram ser por nervosismo natural de qualquer noiva e um buquê de flores mortas. O noivo a recebeu com desdém e isso atenuou a moça. Tiveram 4 filhos. A cada parto, um fardo.

No dia de nascimento do quarto filho, a pupila supera seu próprio criador ao gritar: “Só vou ser feliz quando vir 4 caixõeszinhos saindo por esta porta!!!!”. De tão fortes, as palavras foram devidamente reverberadas nas profundezas. Puto da vida, com ódio e inveja mortais, Belzebu salta de seu trono e esbraveja pra todos os andares do mundo subterrâneo: “TRAGAM ESTA FILHA DUMA PUTA PRA CÁ AGORA!! Ninguém pode ser mais odiado que eu na Terra!!” A infeliz morreu no parto e o caçula foi o único que chorou ao nascer.

Advertisements

4 Comments Add yours

  1. Felipe says:

    A única palavra que vem a mente é: MEDO!!

    E algumas frases também pipocam na minha cabeça:
    “Sai deste corpo que não te pertence!”
    “XÔ Satanás!”
    “Vade Retro!”

    PQP!!

    Essa personagem é basicamente a história da primeira tentativa do Satã na criação do Anti cristo……ela é sem sombra de dúvida irmã de Damien Thorn (referência: filme A Profecia)……..

    Agora o que mais me intriga é: o que terá acontecido com nossa blogueira??

    Será que ela:
    A) Foi possuída pelo anjo das trevas??
    B) Entrou em colapso nervoso??
    C) TPM??
    D) Nada aconteceu. Foi somente uma quarta feira comum, como todas as outras. (Essa é a que mais me assusta!)

    Fica a pergunta para quem se atrever a responder!!!

  2. Ju Rocha says:

    A própria responde: era uma quarta comum, até alegre.

  3. Odair Ribeiro says:

    Eu hein… tá doida???

  4. Ana Cristina says:

    Ju… estorinha, heim??? kakakaka… tá virando uma excelente cronista!
    Beijo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s