A revolta das cobras-cabelo

– Esta filha da puta nem nos alimenta!

– Ela acha que somos suas escravinhas felizes!

– Certamente escravas somos, mas… felizes?? Será a megera tão tosca assim de achar que nutrimos qualquer tipo de amor por ela?

– Gente, se nós que estamos na cabeça da infeliz não conseguimos decifrá-la, não adianta muito uma ficar perguntando pra outra…

– Concordo. Detesto perda de tempo. Afeeee. Vou me enrolar aqui e fingir que sou um simples cachinho.

– Mas e aí? Vamos ficar nesta? Sem fazer nada?!?

– É, não podemos viver assim, simplesmente assustando e petrificando os imbecis que cismam em vir aqui… homem é um bicho burro mesmo, meu Deus…

– Deus? Hahaha, acorda, tua lenta… Este nos deu as costas faz tempo. Só de raivinha e ciuminho.

– Gente, foco, por favooooor!

– Ah, é, fala aí, Che Guevara… há há há!!

– Zoa, zoa mesmo. Quero ver quando meu plano da fuga capilar der certo e vc ficar pra trás, otária.

– Ai, ai, cobra presa e doída… ninguém merece. Ei, vc aí do lado dela, legal seria se você fosse a única cobra do mundo com um bracinho pra calar a boca dela, né? Há, há, há!!

– Cala você, recalcada! Só porque eu penso mais por estar fixada mais perto dos nervos pensantes? Cada um tem o rabo preso onde merece!

– Ok, ok, trégua vocês!! Já tô com vontade de me esticar e dar umas cabeçadas nas duas! Aliás, se me encherem muito mais o saco, é isso que vou fazer!

– Vem cá… perguntinha daquela que tá presa bem perto do pescoço e, obviamente com pouco acesso acústico da parte aí de cima… será que ela, a malditinha deusa Medusa, não nos escuta, não?!?

– Uuuuhhhhhh, bom ponto, hein! Vamos falar mais baixo…

– Ok, ok… então faremos o seguinte. Quando ela estiver dormindo, todas nos esticamos o máximo possível e pegamos um machado e lhe cortamos o pescoçote fora!

(Horas se passaram e as cobrinhas, excitadíssimas com a revolução, pareciam cabelos revoltos ao vento de tanto que se mexiam. Medusinha até enfiava a mão de vez em quando, como que ordenando as benditas a se acalmarem e, todas juntas, como se fossem uma só, prendiam a respiração e ficavam quietas por uns minutinhos, até voltar a algazarra normal de quem sabe que está aprontando… A Medu finalmente roncou. Aleluia!!!)

– Pega aí, ô!! Anda logo!

– Gente, que bonito o trabalho em grupo, sou grata por estar junto de pessoas tão legais…

– Ah, cala a boca, porra! Trabalha aí!

– Gente, deu certo! Pra cima, vai! 1, 2 3… e… JÁ!!!

(TSÁC! Pescoço fora, boca aberta, olhos arregalados e sangue jorrando por todas as partes, inclusive nas pretendentes a cabelo)

– Sou eu que estou com esta sensação ou o sangue dela se esvaindo tá me deixando com um sooooooono?

– Ai, caceta, somo buuuurras…

– Ela morrendo, morremos nós também! Tô toda molinha! Hi, hi, hi, sensação bacana…

– Ah, galera, valeu a tentativa. Bom conhecer vocês. He, he, he, será que isso é parecido com bebedeira?

– Sei lá, mas esta morridinha já tá valendo a peeeeeena… hi, hi. Anos e anos vivas e nunca sentimos algo tão divertiiiiido!

– Falou bonito, brrrrother…

– Ih, ha ha ha, errou… aqui somos tudo sisteeeeeeers! Hey sister, go sister, soul sister, flow sister…

– Aaaahhhhhhh… gostoooooooso…

– Pode crer… aí… nos vemos daqui a pouco em outro inferninho. Estejam lá pra outra bagunciiiiiiiiiinha…

– Aí, chatão você… tá todo mundo alucinaaaaando na nossa mortezinha lenta e indolor e vc fala em infeeeeeerno?

– PQP… fuuuuuui!

Advertisements

3 Comments Add yours

  1. M. says:

    Obrigada.
    Vim dar um oi de volta e dizer que gostei desse texto. Engraçado, eu achei que ele fosse ser escrito de maneira mais coloquial pelo texto inteiro mas gostei dessa maneira.
    E do que ele diz. Tentando matar o outro se mata a si. Bem pensado. 😉

  2. Felipe says:

    Snakes Revolution!!!!!

    KKKKKKKKKKKKK

    Que Perseu que nada!!! Finalmente contaram A história certa!!!!

    SENSACIONAL

    Beijos diretamente de B.A.

    PS: Adorei a cobra que ficou molinha!!!

  3. Od says:

    Depois me conta o que você andou tomando??? hahaha
    Viagem total!!! 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s